sábado, 7 de maio de 2011

Pensamento de mãe...

Um pensamento quase que universal de mãe... Um trecho do livro de Lucinha, "Só as mães São Felizes"...
"Decidi seguir o exemplo de meu filho e declarar, contar, revelar, como se o meu pensamento e coração fossem o quintal do mundo, a aldeia global que tanto fascinou esse menino tão esperado, cercado de amor demais. Amei meu filho com toda a força sobrenatural que um sentimento muito forte nos permite. Queria que ele fosse o melhor em tudo: o mais bonito, o mais inteligente, o mais bem vestido, o mais estudioso e comportado. Lutei muitas vezes com a força de minhas próprias mãos para que ele seguisse as regras que eu – a mãe perfeita – considerava as certas. E por quê? Cazuza foi criado do jeitinho que ditava a cartilha da minha geração: atitudes de carinho e controle. Carinho demasiado e controle demasiado. Aonde queríamos chegar com essa ânsia onipotente de preparar os homens para o mundo?"

Nenhum comentário: