quinta-feira, 10 de maio de 2012

Paciência de Monje...

Paciência e ternura...
Várias vezes pensei e disse que eu estava virando uma "monja", rsrsrs, tamanho exercício de paciência, tolerância e desapego que uma mãe tem de fazer em nome da maternidade. Ontem, levando meu filhote ao dentista, resolvi folhar umas revistas...E, lá estava uma entrevista com Diane Musho Hamilton, uma monja zen budista. 
De acordo com ela temos de exercer sim as múltiplas tarefas diariamente, mas não podemos nos esquecer de despertarmos a nossa capacidade de consciência e sermos fiel ao momento presente.
A monja com muita prática de meditação, aprendeu a aceitar a realidade do dia a dia assim como ela é, bela e inacabada, descobriu que a compaixão e a compreensão dos acontecimentos são atitudes normais de um ser humano e que todas as situações da vida nos trazem puros ensinamentos Divinos por pior que sejam as tragédias, razão pela qual devemos nos sintonizar mais perante os desafios da vida e encará-los com mais tranquilidade e paciência.
Ela ainda complementa que a  mulher, por exemplo, exerce múltiplos papéis diários: mãe, esposa, mulher, trabalhadora, mas apesar de tudo, não deve perder a ternura de seu coração e sim recuperar o sentido amplo da beleza, da feminilidade, saber ouvir e compreender as pessoas à sua volta.
Vou tentar aprimorar... 
 
Google Images

Um comentário:

Bruna - .::Nossa História::. disse...

Tá rolando o sorteio de um perfume importado lá no blog. \o/ PARTICIPE

http://www.blognossahistoria.com/2012/05/quero-ficar-cheirosa-tambem-1-sorteio.html

Beijos

Ocorreu um erro neste gadget