quinta-feira, 24 de maio de 2012

Que altura terá meu filho???

Somos assim mesmo...Curiosos, preocupados e querendo o melhor...Nem demais nem de menos...Ai, ai, ai...
 "A pergunta acima é uma das mais comuns nos consultórios pediátricos. Sua resposta, porém, não é nada fácil. Segundo a chefe da Unidade de Endocrinologia Pediátrica do Instituto da Criança, do Hospital das Clínicas, Nuvarte Setian, o fator genético é preponderante na determinação da altura da criança, mas é importante lembrar que cada um tem seu desenvolvimento próprio. “Ela é bastante parecida com o pai e a mãe, mas não é igual a eles”, lembra a médica. Os médicos usam uma fórmula para calcular a estatura que a criança atingirá quando cessar o processo de crescimento (confira na Calculadora do Crescimento) “É preciso, porém, lembrar que esse cálculo é baseado em estatísticas. A maneira mais precisa de estimar a provável altura dos filhos é observar as curvas de crescimento”, reitera Setian.
A despeito da herança genética, a criança precisa levar uma vida saudável para atingir os padrões da altura estimados, ressalva o pesquisador Luiz Anderson Lopes, chefe do ambulatório de distúrbios do crescimento da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A alimentação adequada é um bom exemplo de fator influenciador. De acordo com Lopes, 87% das crianças que procuram o ambulatório da Unifesp apresentam falhas na dieta alimentar. “Fundamentalmente, constatamos a valorização de alguns grupos nutricionais: come-se muita proteína e quase nada de carboidrato. Além disso, a ingestão de cálcio, em algumas faixas etárias,é pequena. Isso compromete o futuro”, afirma Lopes".
Ou seja, a alimentação é muito, muito importante.
Fonte: Revista Veja
Acabe um pouquinho com a curiosidade e teste na calculadora: 

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget